Foto - Ana Volpe - Agência Senado

Cor amarela na fachada do Congresso lembra campanha contra hepatites virais

Foto – Ana Volpe – Agência Senado

O Congresso Nacional será iluminado com a cor amarela, a partir da noite desta terça-feira (20), em apoio ao Julho Amarelo, campanha nacional de combate às hepatites virais. O pedido partiu do Ministério da Saúde e dos deputados Alexandre Padilha (PT-SP) e Bozzella (PSL-SP). A iluminação especial vai até dia 30.

O Julho Amarelo foi instituído no Brasil pela Lei 13.802, de 2019. Segundo o Ministério da Saúde, a finalidade da data é reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais, inflamação do fígado causada por vírus.

Coordenador da Frente Parlamentar Mista de Combate às Hepatites Virais, o deputado Bozzella foi um dos articuladores da decisão do Ministério da Saúde, em 2020, que ampliou o acesso ao tratamento da doença, ao abreviar o tempo entre a prescrição médica e o recebimento dos medicamentos pelo paciente. A demanda fazia parte das iniciativas do Movimento Brasileiro das Hepatites e do Grupo Esperança, de apoio às pessoas com hepatite viral.

Veículos do Senado
A campanha de prevenção da doença também vem sendo abordada nos veículos de comunicação do Senado. No dia 2 de julho, o programa Conexão Senado, que vai ao ar de segunda a sexta-feira na Rádio Senado, entrevistou a médica Liliana Sampaio, hepatologista do Hospital de Base de Brasília e representante da Sociedade Brasileira de Hepatologia no Distrito Federal. Ela falou dos sintomas da doença e apresentou orientações para diagnóstico, prevenção e tratamento de hepatites virais.

Por: Redação

Fonte: Agência Senado

Compartilhar
Spread the love

Além disso, verifique

Paulo Gonet sugere pagar adicional para procuradores de cidades com menos de 30 mil habitantes

Procurador-Geral da República propôs série de medidas para aqueles lotados em cidades com demandas consideradas …