Foto - Benfica (Divulgação)

Jorge Jesus demitido do comando do Benfica

Foto – Benfica (Divulgação)
O Benfica de Portugal anunciou a rescisão de contrato com Jorge Jesus “por mútuo acordo”. O técnico – que fica disponível no mercado, inclusive na mira do próprio Atlético MG – estava em baixa no clube português, apesar da classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões, com a demissão pedida por parte da torcida, insatisfeita com o nível de atuação, especialmente nos jogos contra Sporting e Porto.
Jesus era o principal alvo do Flamengo desde que Renato Portaluppi deixou a Gávea, em novembro, após perder a Libertadores para o Palmeiras. O Rubro-Negro enviou dirigentes a Portugal para negociar o retorno do técnico campeão nacional e da América em 2019, mas a intenção – publicamente, ao menos – do treinador de cumprir o contrato com o Benfica e da equipe encarnada de mantê-lo, apesar das críticas, fez com que os cariocas procurassem outro comandante português: Paulo Sousa, atualmente à frente da seleção da Polônia.
Por: Redação
Fonte: Agência Brasil
Compartilhar

Além disso, verifique

Sindicato internacional de jogadores processa Fifa por Super Mundial de Clubes

Representantes de atletas do futebol inglês e francês entram com ação contra a entidade máxima …