Foto - Alexandre Vidal (Flamengo)

Paulo Sousa desembarca no Rio e inicia sua trajetória no Flamengo

Foto – Alexandre Vidal (Flamengo)
Por volta das 6h35 da manhã desta sexta-feira (07), Paulo Sousa desembarcou no Rio de Janeiro para iniciar seu trabalho no Flamengo. Na agenda do novo treinador rubro-negro está prevista, ainda hoje, uma visita ao Ninho do Urubu para conhecer as instalações do CT. O português de 51 anos assinou contrato com o Mais Querido até dezembro de 2023.
Empolgado com a oportunidade de comandar “o maior clube do mundo”, como ele próprio disse, Paulo Sousa concedeu à FlaTV sua primeira entrevista em território brasileiro. “Estou muito contente, muito feliz. Desde Portugal já senti o carinho da torcida. Estou entusiasmado! Ainda não consegui completar o livro que ganhei. Vi muitos jogos da última temporada, não só do Flamengo, mas dos nossos adversários também. Dentro da carreira de um técnico, estas possibilidades não acontecem muitas vezes. Fui sempre vivendo o Flamengo, mesmo quando era jogador. Quando se tem a chance de representar um clube dessa grandeza, fico muito feliz de fazer parte deste projeto. Fiz uma análise do elenco. A qualidade individual não é sinônimo de vitórias, vamos ter que trabalhar mais do que os outros para que a qualidade se sobressaia. Na segunda-feira, os jogadores já precisam ter tudo muito bem planejado”, afirmou o técnico.
O staff de Paulo Sousa é formado pelos seguintes profissionais: Manuel Cordeiro (auxiliar técnico), Victor Sanchez (auxiliar técnico), Paulo Grilo (preparador de goleiros), António Gomez (preparador físico), Cosimo Cappagli (analista) e Lluis Sala (preparador físico).
Sob o comando do novo treinador, o elenco profissional do Flamengo se reapresenta na próxima segunda-feira (10), no Ninho do Urubu, para iniciar os trabalhos visando a temporada de 2022.

 

 

Por: Redação
Compartilhar

Além disso, verifique

Sindicato internacional de jogadores processa Fifa por Super Mundial de Clubes

Representantes de atletas do futebol inglês e francês entram com ação contra a entidade máxima …