Foto - Agência Brasil - Divulgação

Procuradoria do Peru investiga Keiko Fujimori por suspeita de suborno

Foto – Agência Brasil – Divulgação

Um procurador que cuida de casos de corrupção no Peru iniciou investigação sobre Keiko Fujimori por supostas ligações com o ex-assessor de Inteligência do país Vladimiro Montesinos, hoje preso. Segundo áudios, ele teria tentado subornar membros do Tribunal Eleitoral do país para favorecer a candidata de direita nas eleições.

Fujimori, que falou sobre a investigação no Twitter, disse que não tem relação com o caso das conversas telefônicas de Montesinos, um novo tema controverso e que se soma ao intrincado processo eleitoral peruano, que ainda não tem os resultados oficiais sobre quem será o próximo governante, quase um mês depois de sua realização.

Para declarar o vencedor das eleições, que segundo a contagem de votos é o socialista Pedro Castillo, o Tribunal Eleitoral deve resolver antes todos os pedidos de impugnação, a maioria apresentados sem grandes provas por Fujimori.

De acordo com os áudios divulgados recentemente pela imprensa local, Montesinos, que foi um colaborador muito próximo do ex-presidente Alberto Fujimori, pai de Keiko, propôs de dentro da prisão subornar três membros do tribunal para reverter as eleições.

Por: Redação
Compartilhar
Spread the love

Além disso, verifique

Ao menos 22 pessoas morreram em ataque na Faixa de Gaza, diz Cruz Vermelha

Organização palestina acusa Israel pelo ataque; forças israelenses dizem que incidente está sendo analisado, mas …