deputado federal Christino Áureo - Foto: Divulgação

Deputado federal Christino Áureo propõe a criação do programa Gás Social

A ideia é baratear o item para as famílias de baixa renda

deputado federal Christino Áureo – Foto: Divulgação

A alta recorrente nos últimos meses do gás de cozinha (GLP) vem comprometendo o orçamento das famílias mais carentes na pandemia. De janeiro a junho, o preço médio do botijão de 13 quilos foi reajustado em 13,75%. Esse cenário motivou o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ), presidente da Frente Parlamentar para o Desenvolvimento Sustentável do Petróleo e Energias Renováveis (FREPER), a defender a criação de um programa permanente que barateie o gás de cozinha para as famílias de baixa renda.
Por meio de um Projeto de Lei de sua autoria, o deputado propõe a criação do programa Gás Social, uma política pública bem direcionada ao problema. Somado ao projeto do deputado, outros parlamentares propuseram iniciativas que se juntaram à matéria relatada por Christino na Câmara dos Deputados. A ideia é usar a CIDE para bancar metade do preço do botijão a famílias inscritas no CadÚnico, por meio de convênios do Ministério da Cidadania com revendedores.
– Temos que dar suporte a essas pessoas, especialmente após o fim dos auxílios, com o avanço da vacinação. Vamos trabalhar para que o tema avance na Câmara dos Deputados. É preciso unir diferentes soluções para essa questão – lembra.
O deputado está trabalhando para que o desconto seja significativo na vida financeira dessas famílias.
– O governo abre mão de cerca de R$ 1,2 bilhão do PIS/COFINS, que representa um desconto de R$ 2,18 no botijão. Não é absolutamente significativo para ninguém –  finaliza o deputado.

Da: Redação
Fone: Ascom Noroeste Deputado Christino Áureo
Compartilhar

Além disso, verifique

Lula diz que ministro indiciado pela PF tem direito de provar inocência

Presidente deve conversar em breve com Juscelino Filho, que nega irregularidades e afirma esperar amplo …