Gusttavo Lima e Andressa Suita são processados por ex-funcionário, que pede mais de R$ 500 mil na Justiça. Saiba mais

Um motorista que trabalhou com Gusttavo Lima e Andressa Suita entre 2019 e 2022 entrou na Justiça para cobrar direitos trabalhistas que ele garante não ter recebido. Aos detalhes.

Por: Matheus Queiroz/Redator

Depois de ter um show como alvo de investigação e outro espetáculo cancelado, ambos por conta da discussão sobre os altos cachês pagos por prefeituras a artistas sertanejos, Gusttavo Lima está no centro de uma nova polêmica.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, Gusttavo e a esposa, Andressa Suita, foram processados por um ex-motorista particular do casal, que trabalhou com a família entre 2019 e 2022.

EX-MOTORISTA DE GUSTTAVO LIMA ALEGA QUE NÃO RECEBEU DIREITOS APÓS DEMISSÃO

De acordo com a publicação, o motorista foi demitido no começo deste ano e cobra R$ 527.366,76 por direitos trabalhistas que ele afirma que não recebeu quando foi desligado do quadro de funcionários.

O motorista alega que não recebeu férias, diferenças salariais e horas extras; só pelas jornadas a mais, ele cobra R$ 190 mil. Além disso, ele garante que as 11 horas de intervalo entre os dias de trabalho raramente eram respeitadas.

A ação apresentada pelo profissional começou a ser discutida no Tribunal Regional do Trabalho de Goiás e o caso tramita na 3ª Vara do Trabalho de Aparecida de Goiânia. A reportagem do Purepeople entrou em contato com a equipe de Gusttavo Lima para mais esclarecimentos, mas, até o fechamento da matéria, não obteve resposta.

Compartilhar
Spread the love

Além disso, verifique

Nego do Borel e Luiz Otávio Mesquita saem no tapa após provocações

Luiz Otávio Mesquita e Nego do Borel trocaram provocações nas redes. Cantor alegou que filho …